Buscar
  • Irhis Consultoria

A importância de dar e receber feedback no ambiente organizacional


A comunicação é uma característica de extrema importância, visto que é através desta que o ser humano descobre a si próprio e ao mundo, criando um código que o permite se comunicar de maneira mais rápida e precisa com as outras pessoas. Em vista disso, em ambientes organizacionais, a comunicação é de extrema relevância para que se obtenha a maior eficácia possível no ambiente de trabalho, seja entre líderes e liderados, ou entre si.

Com isso, chega-se então a importância do feedback como uma estratégia para estabelecer e preservar a harmonia do clima organizacional, e, além do mais, contribuir para o alcance dos resultados desejados pela organização, visto que a prática adequada de dar e receber feedback entre os membros é capaz de melhorar habilidades, definir comportamentos e proporcionar o crescimento das relações pessoais. Mas, afinal, o que é feedback? A origem da palavra é inglesa e significa realimentar ou dar resposta a um determinado pedido. No contexto organizacional, por sua vez, a prática do feedback consiste em quando se é dado um parecer sobre uma pessoa ou um grupo de pessoas na realização de uma tarefa ou pela emissão de um determinado comportamento.

Como dito acima, a retroalimentação recebida de superiores, por exemplo, contribui para a composição do quadro de resultados da empresa, visto que atua diretamente nos níveis de satisfação e motivação dos funcionários no trabalho. Além disso, a prática de feedback também traz benefícios para quem o recebe, através da obtenção de alguns valores como autoconfiança, valorização, crescimento profissional, etc. Dessa maneira, a utilização do feedback significa novas oportunidades de conhecimentos e desenvolvimento, tanto para a corporação como para os funcionários, fortalecendo as relações e melhorando desempenhos e resultados.

Porém, a utilização de feedback é um processo atribulado visto que tudo que é falado para um determinado funcionário ou gestor pode não ser visto como agradável, como também pode ser recebido de maneira extremamente positiva e causar reações não desejadas para aquele ambiente. Além disso, muitas vezes, ao dar um feedback, por exemplo, pode-se não saber criticar de forma construtiva e acabar influenciando negativamente no desempenho do trabalhador. Em vista de todos esses pormenores que constroem o processo de dar e receber feedback, muitas organizações investem na obtenção de treinamentos e capacitação, como o oferecido pela Irhis Consultoria Júnior em Psicologia, que auxiliem a realização de feedbacks mais eficazes possíveis, visando a obtenção de bons resultados e crescimento das relações pessoais dentro da empresa.

REFERÊNCIAS

Turci, R. H. (2013) Feedback - a importância desta técnica na rotina empresarial. Relatos de Pesquisa, Pós-Graduação - Faculdades Integradas Rui Barbosa (FIRB), 1, 81-89.

Souza, R. A. R.; Tadeucci, M. S. R. (2007) A importância do feedback pela percepção de líderes e liderados. In: VII Encontro Latino Americano de Pós Graduação, 2007, São José dos Campos. O paradigma do desenvolvimento sustentável. São José dos Campos: Universidade do Vale do Paraíba, 1, 2551-2554.

#feedback

40 visualizações

Irhis Consultoria Júnior em Psicologia

Av. dos Bandeirantes, 3900 - CEP: 14040-901

Monte Alegre - Ribeirão Preto/SP

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 por Irhis Consultoria Júnior em Psicologia